Diretório de Artigos

Peças de Teatro – O Galo e a Raposa

O Galo e a Raposa
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on reddit
Share on telegram
Share on email

Veja esta divertida peça de teatro “O Galo e a Raposa”

GALO:
Meu Deus! Vem vindo à raposa, tenho que subir em uma árvore.

RAPOSA:
O lá amigo galo, o que está fazendo ai em cima?

GALO:
Amigo uma pinóia! Você está se fazendo de boazinha porque quer me comer.

RAPOSA:
Que nada amigo, o Rei leão baixou um decreto que a partir de hoje todos os animais devem ser amigos.

GALO:
Você acha que sou algum idiota em acreditar em você? Não vou descer coisa nenhuma.

RAPOSA:
Há, dessa! Vem dar um abraço em sua nova amiga.

GALO:
Você tem mesmo certeza do que está falando?

RAPOSA:
É claro que tenho, se quiser, para provar minha amizade, vou preparar um belo de um banquete em minha casa e você participa comigo.

GALO:
Está bem raposa, ai vem meu amigo cachorro, vamos aproveitar e comemorarmos juntos.

RAPOSA:
Ó, meu amigo lembrei que tenho um assunto muito importante para resolver, tenho que ir, até outro dia.

GALO:
Não raposa espere, ainda é cedo vamos conversar.

CAHORRO:
Au..au..au..au….O que foi amigo galo? A raposa estava lhe perturbando?

GALO:
Há! Aquela idiota estava pensando que eu ia cair na conversa dela.

CACHORRO:
Mas, o que ela aprontou desta vez?

GALO:
Imagine você amigo, ela chegou dizendo que o rei leão decretou que a partir de hoje todos animais devem ser amigos.
CACHORRO:
Descarada! Isto é uma tremenda mentira, desde quando todos os animais virão a serem amigos, se nem o homem consegue fazer isto.

GALO:
É, mais ela não me engana, desconfiei e subi na árvore.

CACHORRO:
Vou indo amigo, se cuide e fique esperto. Até mais.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on reddit
Share on telegram
Share on email
Os pontos de vista expressos neste artigo são de responsabilidade do autor.

Veja também...