Arquivo diários:6 de dezembro de 2018

Lasanha

Culinária: a origem da Lasanha

Descubra a Origem da Lasanha

Origem da Lasanha: Quem acha que a lasanha é um prato recente, se engana. Na realidade, a história desta deliciosa fórmula tem suas raízes nada mais, nada menos que nos períodos da antiga península itálica.

Obviamente, naquele período a lasanha não era como nós a conhecemos hoje, porém consistia em algumas fatias de massa, divididos em quadrados, cozidos numa panela e comidos com legumes e queijo.

Entre muitos períodos a lasanha permaneceu sendo realizada assim, e vinha sendo denominada pelos Romanos de “lasana” ou “lasanum”, que no latim representa “vaso, recipiente”. Isso mais ou menos até o século quatorze. Francesco Zambrini, um conhecedor do século XIX, encontrou receitas de lasanha de queijo e presunto antigas onde a lasanha era postas em tiras ou teria condições de ser permanecida ilesa, com várias camadas recheadas de queijo. 

Após esta descoberta, Zambrini publicou a fórmula num livro de pratos de comidas e, graças a ele, a partir de então a lasanha foi realizada continuamente como a conhecemos atualmente, em camadas.

Com o passar do tempo, a lasanha transformou-se num prato muito conhecido e adorado mundialmente, graças a uns restaurantes de Bolonha, os quais produziram a conhecida lasanha à bolonhesa e passaram a servir aos clientes no começo do século 20.

Entretanto a consagração originou-se no ano de mil novecentos e trinta e cinco, quando o escritor Paolo Monelli cita a comida no seu livro chamado “Il ghiottone errante” (O glutão errante).

Hoje em dia a lasanha pode ter os mais diferentes tipos de recheios, a começar dos tradicionais, até criações domésticas.

Bolo Napolitano

Bolo Napolitano

Confira essa deliciosa receita de Bolo Napolitano e aproveite!

Ingredientes para o Bolo Napolitano

 

  • Massa:
  • 4 ovos
  • 2 xícaras (chá) de açúcar
  • 2 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • 1/2 xícara (chá) de chocolate em pó
  • 1 xícara (chá) de leite morno
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó
  • Recheio:
  • 200 g de margarina sem sal
  • 10 colheres (sopa) de leite ninho
  • 1 lata de creme de leite (sem soro) gelado
  • 1/2 lata de leite condensado
  • 3 gemas (peneiradas)
  • 3 colheres (sopa) açúcar
  • Geléia de Morango
  • 1 caixinha de morango
  • 1 xícara (chá) açúcar refinado
  • 1/4 xícara (chá) água
  • Cobertura:
  • 2 barras de chocolate ao leite de 200 g cada
  • 1 lata de creme de leite (sem soro)

 

Modo de preparo para o Bolo Napolitano

Massa:

 

  • Bata as claras em neve e reserve
  • Em seguida, bata as gemas com o açúcar até ficar um creme esbranquiçado
  • Acrescente a farinha misturada com o chocolate em pó aos poucos alternado com o leite morno
  • Bata até ficar homogêneo
  • Desligue a batedeira, acrescente as claras em neve delicadamente e por último o fermento em pó
  • Leve para assar em forma de 25 cm de diâmetro, por 35 a 40 minutos, no forno a 180ºC

 

Recheio:

  1. Bata na batedeira a margarina, o açúcar, o leite condensado e as gemas até ficar um creme claro
  2. Junte o leite em pó e bata mais um pouco
  3. Por último acrescente o creme de leite sem o soro e bata mais um pouco
  4. Se quiser pode acrescentar 1/2 barra de chocolate branco ralado ou picado em tirinhas bem finas

Geléia de Morango:

  1. Cortar o morangos em pedaços pequenos e levar ao fogo com os outros ingredientes até ficar uma geléia bem brilhante
  2. Deixar esfriar

Cobertura:

  1. Derreta uma barra de chocolate em banho-maria e acrescente o creme de leite sem o soro

Montagem:

  1. Corte o bolo em 2 partes, molhe com leite e um pouco de nescau, coloque o recheio, a geléia, a outra parte do bolo, molhe novamente com o restante do leite e coloque a cobertura
  2. Raspe uma barra de chocolate ao leite e jogue sobre o bolo
  3. Se quiser pode colocar também raspas de chocolate branco
  4. Decore com morangos cortados ao meio
Chocolate

Tudo Sobre Chocolates – Saiba mais Sobre Chocolate

chocolate é considerado o mais prazeroso e apaixonante entre todos os alimentos.

Mas quando foi descoberta essa maravilha que chamamos de Chocolate? Para sabermos vamos voltar um pouco no tempo.

A história nos retrata que os Maias cultivavam o cacau e usavam as sementes para fazer uma bebida que era bastante amarga e usavam para temperá-la a baunilha e a pimenta.

Essa bebida segundo os Maias auxiliavam o organismo a combater o cansaço.

Para eles era comum fazer uso do chocolate todo dia e também em ocasiões festivas. Também há relatos que em Honduras por volta de 1100 a 1400 a.C. foram encontrados vestígios de cacau em uma bebida alcoólica.

Já na América Central pré colombiana, os grãos de cacau serviram de moedas e todas as áreas que os Astecas conquistavam tinham que ter o plantio do cacau, e o imposto eram pagos com grãos destes.

O cacau só chegou à Europa no século dezessete e o consumo deste era restrito às cortes na forma de bebida. Foi em 1965 que surgiu em Londres a primeira chocolataria.

Alguns anos depois a Jamaica apresenta uma bebida com leite e chocolate. Assim o chocolate continuou ganhando espaço em outros países. Mas, só com a Revolução Industrial e suas novas máquinas que apareceram os chocolates como os que estão no mercado até os dias de hoje.

Foi através desse processo que o chocolate se tornou popular e consumido em todo mundo. O que nos leva ao consumo do chocolate além de seu aroma e sabor deliciosos, é o fato de sabermos que ele traz benefícios para nossa saúde como, por exemplo, estimulam o cérebro, contém propriedades que evitam o aparecimento de câncer, ajudam a combater diarreias, têm proteínas, cálcio, gordura, zinco, ferro, magnésio e vitaminas C, E, B12, B1, B2, e B3.

Chocolates Pretos e Amargos

Os chocolates pretos e amargos são os mais indicados para no auxílio de nossa saúde, consumidos com regularidade e em pequenas quantidades ajuda a reduzir o risco de ataque cardíaco. Com toda essas informações chegamos então, à conclusão que além de deliciosos e fazerem bem a saúde podemos oferecê-los de presente a qualquer pessoa em qualquer ocasião.

Para isso contamos com a variedade de embalagens e marcas que os tornam ainda mais cobiçados como as caixas de bombonschocolates Havana, as Kopenhagen e a Ofener tão conhecidas e apreciadas pela qualidade de seus produtos.

Presente, amigos (as) namoradas (os) mães e filhos com esses deliciosos chocolates.
Você pode fazer isso qualquer dia, não espere por uma data especial, a data especial é você que faz.

Receita de Pavê

Receita de Pavê

Confira uma deliciosa receita de Pavê, com base de biscoito Maisena.

Receita de Pavê

    • 2 pacotes de biscoitos maisena
    • 1 lata de creme de leite
    • 1 lata de leite condensado
    • 2 medidas da lata de leite de vaca
    • 1 colher e 1/2 de sopa de cremogema
    • 1 colher de sopa de manteiga
    • 1 gema de ovo peneirada

Modo de Preparo para a Receita de Pavê

Em uma panela coloque o leite de vaca, a lata de leite condensado, a manteiga, a gema e a cremogema leve ao fogo ate que vire um creme, reserve.

Umedeça os biscoitos em leite com algum achocolatado, e arrume em camadas em um refratário.

Colocando alternando entre camadas de biscoitos umedecidos e creme, por último uma camada de creme e por cima uma camada de creme de leite batido com uma pitada de açúcar.

Esponja de Louça

Limpeza da esponja da louça

Dica de higienização de esponjas de louça

Higienização de esponja de louça é algo que as pessoas não dão muita bola achando que ela estão limpas por serem utilizadas diariamente, mas não e bem assim, nós sabemos que a esponja vai acumulando resíduos de alimentos que as bactérias adoram, pois é ai que elas se alimentam e vão aumentando

Você lava a sua louça com essa esponja contaminada de bactérias, podendo transmitir uma doença para sua família como até uma infecção intestinal.

higienização de Esponja de louça

  • 200ml de água
  • 1 colher de cloro ou água sanitária;

Deixe de molho por no mínimo 30 mín.

Enxague e deixe secar no varal de roupa ou também pode secar ela no seu microondas e está pronto para usar novamente.

Atualmente os especialistas em bactérias dizem que a esponja de louça e mais suja que o pano de chão, por isso que a C.I.A dos doces e salgados de POA vem alertar para esta realidade .

Não deixe que as bactérias pegue a sua família, previna -se, pois e fácil e barato, também se recomenda a troca da mesma a cada semana se for possível, caso contrário, continue a limpeza acima.

 

Bolo de Natal

Bolo de Natal para a Família

Este Bolo de Natal com frutas cristalizadas fica uma delícia!

Já fizemos várias vezes aqui em casa e o sucesso é total.

Além da aparência maravilhosa, o bolo fica fofinho e nunca sobra um pedacinho pra contar a história na manhã seguinte. É claro que você não precisa esperar as festas para fazer, né? Mãos à obra!

Ingredientes para o Bolo de Natal

  • 04 ovos
  • 01 lata de creme de leite
  • 01 xícara (chá) de açúcar
  • 01 xícara (chá) de margarina ou manteiga
  • 2½ xícaras de farinha de trigo
  • 01 pitada de sal
  • 02 colheres (sopa) de fermento em pó
  • 01 xícara (chá) de rum
  • 01 xícara (chá) de frutas cristalizadas

Modo de preparo da receita de Bolo de Natal

Deposite todas as frutas cristalizadas e o rum num recipiente de preferência alto e amplo. Reserve.

Utilizando uma batedeira, misture bem a margarina, o açúcar (vá adicionando aos poucos) e os ovos inteiros sem parar de bater. Misture com o creme de leite.

Dê uma peneirada na farinha de trigo, junto com o fermento e o sal. Acrescente à mistura de pouco em pouco sempre misturando (para não deixar empelotar).

Para finalizar, acrescente as frutas cristalizadas picadinhas que ficaram de molho no rum.

Unte com manteiga e farinha de trigo uma forma redonda para pudim e despeje a massa.

Pré aqueça o forno e asse a 180 graus (médio) – depois de pronto espere esfriar, desenforme e salpique açúcar de confeiteiro.