As artes motivando o turismo

artes
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on reddit
Share on telegram
Share on email

“A Arte é uma brincadeira que as crianças vêm e os adultos fingem ignorar”.  Salvador Dali e Walt Disney.

Desde o período paleolítico o Homem convive com a arte, utilizando-a na comunicação, retratando nas cavernas as atividades de seu dia-a-dia como a caça, a pesca, o cultivo e a busca de novas terras para a sobrevivência.

Atualmente essa arte utilizada e conhecida como arte rupestre pode ser encontrada em varias cidades.

Do período da Mesopotâmia também ficaram registros artísticos, os povos como os sumérios, babilônios, assírios e caldeus entre outros desenvolveram uma arte que demonstra a religiosidade e o poder dos governantes.

Eram touros alados, estatuetas de olhos circulares, relevos representando conquistas militares e animais, sinetes e cilindros entalhados com pictogramas (ícones utilizados em sistemas de escritas baseados em representações simplificados da realidade) e na atualidade essas obras podem ser vistas no Instituto de Arte, na cidade de Detroit nos Estados Unidos.

No antigo Egito a escrita através das artes que retratavam os deuses, os animais, a história e a cultura de uma civilização em papiros, arquiteturas, monumentos e pinturas feitas nas paredes das pirâmides, representavam o dia-a-dia da nobreza ou tratavam de assuntos do cotidiano.

São obras que ainda se pode encontrar no Egito atual andando pelas ruas, cidade ou em museus.

Na Grécia antiga a cultura e a arte das pinturas nos murais, os desenhos que representavam touros, imagens abstratas, símbolos marinhos e animais ilustram as cerâmicas. A arte grega mostra a passagem de um estilo geométrico para um naturalismo influenciado pela arte egípcia.

Na Itália a arte renascentista traz elementos artísticos da antiguidade clássica onde o Humanismo coloca o homem como centro do universo (antropocentrismo).

A escultura renascentista é marcada pela expressividade e pelo naturalismo

Na França a arte buscava a luminosidade através da cor, os artistas impressionistas estudaram tanto a intensidade da luz sobre a natureza que foram chamados de “filhos da luz” outra vertente importante sobre a cor acontece durante o movimento fauvista (fauves, ou fera) buscavam a harmonia e o equilíbrio da composição por meio de cores intensas e não naturalistas como faziam os impressionistas.

As artes estão visíveis também em arquitetura casas, palácios, castelo, museus como, por exemplo, O MASP (Museu de Arte de São Paulo), é um elo entre o passado e presente. De obras antigas á modernidade.

A Arte traz uma bagagem cultural que contém registros históricos, um alicerce perceptível de sociedades.

Propaga-se de muitas formas: artes visuais, arquiteturas, gastronomia entre outras. Tornando-se uma motivadora do turismo, muitas cidades recebem visitantes para aprecia-las.

Quem vai a Paris, por exemplo, não deixa de visitar o Museu do Louvre.

Você também pode gostar Marketing Turístico

Os pontos de vista expressos neste artigo são de responsabilidade do(a) autor(a).