Diretório de Artigos

23 dicas de como fazer uma redação

Nesse artigo vou te dar um total de 23 aprendizados ( 12 dicas + 8 dicas bônus + 3 mitos) para você entender definitivamente como fazer uma boa redação.

Primeiramente, informo que mesclei dicas técnicas e práticas, ou seja, juntei o que é exigido nas competências e alguns dos itens que aprendi ao longo do tempo que considero essencial melhorar e aplicar para, de fato, conseguir resultados. Dito isso, vamos lá

1- ATENÇÃO AO TEMA GRIFE AS PALAVRAS-CHAVES

Muitos vão pensar que isso é algo obvio, mas eu me contraponho e digo o seguinte, quantas vezes você nem bem terminou de ler a proposta de redação e já saiu escrevendo? Pois é, muito comum isso.

Portanto, leia com atenção a proposta, tente relacionar os termos, busque pelas palavras-chaves. Assim, você vai saber sobre os principais pontos que devem ser falados durante o texto, vai saber aonde focar seus pensamentos e direcionar a sua escrita.

2- FOCO NOS TEXTOS MOTIVADORES

Mais um ponto extremamente relevante são os textos motivadores. Esses e todos os outros elementos visuais devem ser interpretados com muita atenção. Você deve analisar tudo, grifar e tentar encontrar relações.

Muitas vezes esse itens são ignorados pelos estudantes, pois esses acreditam que sabem tudo o que falar e não precisam daquilo para se apoiar, ledo engano.

como fazer uma boa redação

Observe quantas informações você pode usar para defender seus argumento. Só com esses dados você é capaz de desenvolver um texto com alta informatividade. Além disso, te digo que não é preciso decorar mil coisas para usar em sua redação, nos textos motivadores existem dados para te auxiliar nisso.

3- ANOTE TUDO

Agora sim, depois de analisar o tema e os textos motivadores sua cabeça está fervilhando de ideias e suas mãos formigando de vontade para escrever alguma coisa, então, aproveita esse momento e escreva, literalmente, tudo o que lembrar sobre o tema proposto.

Assim, você não se esquecerá de nada ao decorrer do tempo em que estiver escrevendo, pois caso você se esqueça, basta revisar nas anotações.

4- SELEÇÃO ORGANIZADA

Faça tópicos com tudo o que você se lembrar, e em seguida, selecione as melhores ideias.

Em primeiro lugar, você não vai avaliar se a ideia é boa ou ruim analisando quais tem as palavras mais bonitas, mas sim aquelas em que você tiver mais coisas para falar. 

Em segundo lugar, é importante organizar como vai ser a estrutura do seu texto. Veja a ordem em que vai desenvolver seus argumentos. Analise quais são os dados e informações dos textos motivadores que se adequem com os seus argumentos e relacione-os.

Veja como fazer uma boa estrutura de redação aqui. 

5- FAÇA A REDAÇÃO PRIMEIRO

Uma coisa óbvia, não da para ” chutar ” um texto. Entretanto, questões objetivas sim. Na pior das hipóteses, suponha que  não conseguiu terminar sua redação, e agora? Vai perder muitos, MUITOS pontos.

Por outro lado, suponha que você não conseguiu terminar sua prova de ciências da natureza, faltou 15 questões objetivas, você pode chutá-las correndo e ainda ter chance de acertar algumas…

DICA

Algumas pessoas recomendam cronometrar o tempo gasto para fazer a redação e analisar quanto foi gasto e tentar diminuir. Não julgo isso como errado, porém, no começo, quando ainda não temos habilidade na escrita é mais que normal gastar 2/3 horas para fazer um texto de qualidade. 

Então, a única coisa que vai acontecer se você cronometrar o seu tempo nessa situação, é você se frustrar e entrar em desespero. Logo, eu recomendo que você quebre a cabeça mesmo, gaste o tempo que for para fazer seu texto.

Assim, você irá solidificar seu conhecimento nesse assunto, e após escrever umas 10 redações dessa forma, é certeza que você vai aprender. 

Cronometre o seu tempo apenas quando você já estiver apto as estratégias para escrever uma redação, quando você já tiver seu modelo de escrita ( ou até aprender com um modelo que deu certo para alguém )

Caso o contrário, você só vai se desesperar e fazer um texto mal feito para se encaixar no tempo.

6- PALAVRAS “DIFÍCEIS”, CUIDADO

Evite usar palavras difíceis, o importante é ser claro e entregar o conteúdo. Além disso, você só usa palavras “difíceis” se o seu texto aceitar. Como assim ?

Suponha que durante todo o seu texto você use palavras formais mais “simples”, mas quando chega no final solta uma ” entrementes “, não vai fazer sentido algum, pois essa palavra não vai se adequar ao seu texto.

Entrementes > palavra erudita que se remete a : Entretanto, no entanto…

Além disso, é importante se atentar na ortografia das palavras. Vou te mostrar o que você pode fazer para evitar esses erros.

DICA 

Imagine que você esteja em dúvida se especifico (o certo é específico, mais finja que não sabe) tem acento ou não.  Diante disso, o que você pode fazer é pensar em algum sinônimo dessa palavra que você tenha certeza da ortografia.

Por exemplo, 

Nesse caso, poderia substituir específico por exclusivos.

7- SENSO COMUM? DE JEITO NENHUM!

Fuja do senso comum. Evite ao máximo usar clichês, isso é penoso com sua nota. A informatividade é uns dos pontos mais importantes do seu texto ( por isso eu falo sobre ela em quase todos os artigos ). 

Esse elemento é um dos degraus entre médias de 500/600 para 800/900. Me lembro bem que enquanto eu não apliquei informatividade em minhas redações eu não passava de 600/700.

A informatividade aplicada juntamente aos elementos coesivos e ,esses dois estruturados dentro de estratégias argumentativas do padrão redação do Enem te levam para outro patamar.

8- CONJUNÇÕES, A MÃE DA COESÃO

Outro assunto muito falado aqui no blog, o fato é que não tem nota alta sem ter conjunções. As conjunções estão presentes em todo texto de alto desempenho.

Quer um exemplo do quanto essas conjunções são poderosas? 99,999% das redações nota mil tem, no mínimo, 10 conjunções no decorrer de sua estrutura.

As conjunções são um dos mais importantes mecanismos linguísticos para obter a coesão textual e fazer uma boa redação visto que com elas o seu texto flui muito mais fácil, fica notável o encadeamento de ideias e facilita brutalmente a comunicação entre você e o corretor. 

Na redação do Enem, as conjunções mais comuns de serem utilizadas são as coordenativas, faça um download da tabela com as principais e aplique na sua próxima redação.

CONJUNÇÕES COORDENATIVAS

9- GUIE SEU LEITOR 

Guie seu leitor durante o texto. Use a introdução para indicar um desenvolvimento e o desenvolvimento para indicar uma conclusão. Como isso, Alex ?

Simples, faça uma tese com argumentos claros, ou seja, explícitos e apresente-os no final da introdução. ( Assim você vai guiar para um desenvolvimento) . No desenvolvimento retome ,na primeira frase, seus argumentos e, em seguida, apresente-o, explique-o e feche-o ( início, meio e fim ).

Lembre-se, um ponto diferencial ao fim de cada parágrafo do desenvolvimento é usar uma frase que indique a necessidade de intervenção. ( Assim você vai guiar para uma conclusão )

Esqueminha que ilustra isso.

10- ATENÇÃO NA COMPETÊNCIA V

 Conhecido por todos e temidos por muitos: A proposta de intervenção. O seu valor é notável, visto que a competência V existe única e exclusivamente por causa dela. Então, por favor, capriche aqui.

Para você simplesmente não jogar ela na cara do seu corretor, antecipe-a no decorrer do seu texto. Há diversas maneiras de fazer isso, muitas pessoas antecipam ela até mesmo na introdução. Apesar de dar certo, eu não recomendo, pois é mais complicado.

E então o que fazer, Alex?

Como mencionado logo aqui acima, deixe uma frase que indique a  necessidade de intervenção sobre aquele fato desenvolvido no seu parágrafo de desenvolvimento. Uma breve frase.

Por exemplo,

Depois de escrever bastante e defender seus argumentos, conclua seu parágrafo assim:

“Desse modo, medidas são imperativas.”

Assim, você indica que algo deve agir sobre aquela situação.

O DETALHAMENTO DA PROPOSTA

Não menos importante, temos ainda o detalhamento. Para fazer sua proposta de intervenção ficar clara e bem feita, responda:

  • Quem?
  • O que?
  • Através de que?
  • Visando o que?

Deixe essas respostas mais que evidente em sua proposta.

Quer saber tudo sobre isso? clique aqui.

Outra dúvida muito comum aqui é:

IMPORTANTE

Devo fazer quantas propostas de intervenção?

Se você utilizou dois argumentos, recomendo fortemente duas propostas. Entretanto, se caso uma proposta for capaz de intervir nos dois argumentos, não há problema algum de utilizar só uma.

11- GÍRIAS, NEM PENSAR!

Gírias e termos coloquiais nunca, JAMAIS! Sei que falando assim deve parecer óbvio, mas não é. O número de estudantes que cometem esse erro é assustador. Portanto, escreva seu texto em uma linguagem formal.

12- RECONSIDERAR O SEU TEXTO

Revisar o seu texto antes de passar para a folha final é fundamental, tire um tempinho e releia tudo.

Por que fazer isso?

É muito normal deixar coisas para trás, esquecer acentos, vírgulas, crases, ou até mesmo frases desconexas.

Sendo assim, antes de passar a limpo, tenha certeza de que está tudo “redondinho”. Assim, você evita rasuras, bem como tem a garantia de um serviço bem feito.

Lembre-se, é a prova que vai definir o seu futuro, então, leve a sério. 10 minutos para reler o seu texto não são nada se comparados a mais um ano de estudos.

redação

DICAS BÔNUS

1- EVITE REPETIÇÕES

 Evite ao máximo repetir palavras, não que seja proibido, visto que se uma estiver no começo e outra no final, é muito tranquilo. Mas, se uma estiver na frase de cima da outra, fica complicado, o texto fica chato, cansativo e redundante. 

Nessa situação, opte por usar sinônimos ou algum termo referencial ( faz referencia a algo ou alguém).

2- CLICHÊS, NÃO !

Não utilize frases prontas nem clichês. Por exemplo:

“Água mole pedra dura, tanto bate até que fura.”

“Só sei que nada sei”

E por ai vai…

3- ESTRUTURA MENTAL

 Pense no que vai escrever. Crie uma estrutura mental, tente visualizar sua redação ( isso é com a prática ) Ps: É semelhante de quando se estuda  antes de ir dormir e, na hora que deita, vislumbra-se a matéria.

Portanto, esquematize de onde vai sair e onde quer chegar.

4- TREINE A ESCRITA E A FALA

Inicialmente, escreva sempre que possível, pensamentos, anotações, tudo o que vier na cabeça quando você estiver com lápis e papel na mão. Busque utilizar conjunções nessas situações, vai ser um treinamento extra, pois quanto mais você usa, mais você se adapta.

Em segundo ponto, você deve estar se perguntando, a fala? O que isso tem haver? Calma, vou te explicar. 

É muito comum, no dia-a-dia, usarmos termos coloquiais, bem como “inventar” palavras. Por exemplo, o termo ” você “, vira ” o cê ” e por aí vai. Mas, eu notei que se mudar isso e passar a usar o “português correto”, até mesmo no dia-a-dia, consequentemente afetará na melhora da escrita. 

Por fim, outra dica parecida é ver filmes com legenda em português atentando-se nas concordâncias das frases. Além disso, você vai aumentar inconscientemente seu vocabulário.

5- MANTENHA-SE INFORMADO

Esse é um ponto muito importante, visto que a prova do Enem, como um todo, aborda diversos assuntos atuais.

Aconselho fortemente fazer download de aplicativos de notícias de fontes confiáveis e acompanhar diariamente. 

Algumas indicações:

6- ATENÇÃO NAS FRASES DESCONEXAS

Sabe aquelas frases que você lê e não vê sentido, então, são as frases desconexas, o que é muito comum de acontecer. Nesse sentido, é importante fazer um raio X em sua redação procurando-as, pois elas reduzem demasiadamente a coesão do seu texto e, consequentemente, a nota.

7- CUIDADO COM A INTRODUÇÃO

Evite uma introdução longa, faça com qualidade e não quantidade. Uma boa introdução é aquele que tem contextualização, problematização, tese explícita e argumentos. 

Esse são os elementos chaves que se estiverem presentes na sua introdução está mais que ótimo!

Ver mais.

8- O PERIGO DAS FRASES

Primeiramente, evite frases longas, se suas frases estiverem ocupando mais de 2/3 linhas desconfie. Conforme mencionei sobre as frases desconexas, muitas vezes são frases longas, pois ,ao passo que a frase é grande, é comum perder o sentido. Além disso, um texto composto por frases longas fica muito cansativo.

PS: Se suas redações costumam ficar com frases muito longas é sinal que sua pontuação está errada.

Ver mais.

MITOS QUE TE PENALIZAM

[ MITO 1 ] Escrever bem é escrever difícil

Só se você for um poeta e estiver fazendo uma declaração de amor ou alguém ignorante querendo se passar de inteligente.

No entanto, há uma única verdade existente na relação entre palavras e escrever bem são as palavras de transição( juntam duas ideias, sentenças ou fragmentos de sentenças. ) Essas sim fazem a diferença, mas palavras rebuscadas e difíceis não!

[ MITO 2 ] Usar rascunho é perca de tempo

Desde quando? Perca de tempo é você começar escrever na folha definitiva e errar. Imagine se você escreve sem querer uma frase desconexa em seu texto definitivo, como arrumar isso? Resultaria em uma rasura bem feia. E isso não ia agradar o corretor de forma alguma.

[ MITO 3 ] Isso e Isto

Você vai ficar feliz em ler isso. Sabia qualquer uma dessas palavras, na escrita, tem o mesmo sentido? Então, não precisa mais ficar quebrando a cabeça sobre qual usar.

RECAPITULANDO

Em conclusão, neste artigo mostrei um total de 23 dicas práticas e aplicáveis para você começar a ter resultados. É essencial pegar tudo o que achou relevante e começar a usar hoje mesmo.

Foram 12 dicas voltadas para as exigências de correção da redação do Enem, 8 de meu conhecimento que acho relevante para obter resultados e mais 3 mitos que atrasam seus resultados.

E o que fazer agora?

De nada adianta ler e não aplicar, portanto, peço que não saia daqui sem levar nada, baixe o PDF com todos os pontos principais vistos no artigo e sempre que for escrever uma redação revise rapidamente.

Espero que tenha aprendido bastante coisa, até o próximo artigo.

Gostou? Tire alguns minutinhos e compartilhe com seus amigos. É GRÁTIS 😉

Você também pode gostar Diferença de site para Blog
Os direitos autorais e pontos de vista expressos neste artigo são de responsabilidade do autor.

Compartilhe este artigo...

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram

Veja também...

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email