Arquivo da tag: Culinária

Dieta

Dietas em curto prazo dão certo?

Afinal de contas, as dietas rápidas resolvem?

Muitos homens e mulheres apostam em dietas rápidas a fim de perder peso instantaneamente, no entanto não são notificadas dos males que as dietas rápidas fazem para sua saúde e corpo. 

É por isso que hoje vou ensinar para você os motivos de não fazer dietas rápidas, e também como entrar verdadeiramente em uma ótima reeducação alimentar que irá lhe trazer benefícios saudáveis de longa duração. 

Porque não investir em dietas a curto prazo  

Na verdade, as dietas momentâneas geralmente reduzem o valor nutritivo e energético, fazendo com que o emagrecimento não seja tão saudável como pensamos. 

Escolhendo por uma dieta desse tipo, você fará com que a sua imunidade despenque significativamente, e até pode demonstrar anemia, osteoporose e outras doenças. Sem contar que o pior de tudo é que, quando você abandona a dieta, o seu corpo volta a ter o mesmo peso anterior. 

Aliás, certas dietas instantâneas não liberam algumas alimentações de maneira rigorosa enquanto que permitem exageros em relação a outros alimentos. Dessa forma, você tende a petiscar muito mais ao longo do dia, e o seu cardapário fica sem graça. 

A carência nutricional dessas dietas momentâneas acabam repercurtindo em doenças como a anemia e à osteoporose nas mulheres. 

Sem contar outra parte essencial no processo de perder peso: o seu psicológico. Seu lado mental acaba sendo também atingido com a diminuição ou o corte severo de certos alimentos.

Vou abandonar dietas rápidas, vou fazer dietas de longo prazo!

Os resultados das dietas de longo prazo são mais saudáveis, positivos e de maior duração do que o das dietas a curto prazo. 

Agora que você chegou aqui, resta falar para que você não faça o erro comum de modificar tudo de uma hora para outra, pois, no emagrecimento, aquela velha máxima é muito verdadeira: O que vem rápido, pode acreditar, que vai rápido também. 

Deixe as dietas a curto prazo, e diga a você mesma(o) que fará dietas de longo prazo. É preciso ter persistência, pois todos os seus resultados vão precisar de um trabalho, mas os lucros serão muito positivos. É só conversar com qualquer especialista na área. 

Após conversar com meu clínico, de me informar bastante, e ver os efeitos em mim mesma, decidi fazer dietas de longo tempo.

Elas são muito mais recomendáveis, porque os resultados são muito mais benéficos que os da dietas rápidas. 

A minha dica é que você opte por uma dieta balanceada com 1300 a 1500 calorias por dia. Nessa dieta, você vai perder umas 500 gramas por semana. 

Fazendo uma dieta indicada por um bom especialista, você automaticamente irá começar uma reeducação alimentar, que, sem sombra de dúvidas, vai melhorar de forma considerável a sua saúde, a sua beleza, a sua vitalidade. Está preparado? Está preparada? 

Inicie uma reeducação alimentar 

Se você investir em uma eficiente reeducação alimentar, ela vai trazer a você benefícios de médio prazo, porém de longa duração.

A reeducação alimentar costuma propor alimentos bem diferentes, portanto não se preocupe com recaídas. 

Se você investir em uma eficiente reeducação alimentar, ela vai trazer a você benefícios de médio prazo, porém de longa duração. A reeducação alimentar costuma propor alimentos bem diferentes, portanto não se preocupe com recaídas. 

A sua reeducação alimentar vai originar ainda mais ao seu processo de emagrecer se for acompanhada por exercícios físicos! 

Anulando as dietas de curto prazo, você vai ter a oportunidade de optar por uma reeducação alimentar muito eficiente. Ela abrange todas as suas refeições diárias, do café da manhã até o jantar, e o intervalo entre essas refeições. 

Mas, o mais importante de tudo ela vai te fornecer dados sobre cada comida, os nutrientes que eles vão te propor, os proveitos deles, enfim, é um desenvolvimento relevante, e não superficial. Você vai ver os resultados. 

Está na hora de arregaçarmos as mangas e apostarmos em uma reeducação alimentar que traga recursos da natureza saudáveis para nosso corpo se desenvolver da melhor forma possível. 

Está disposto(a) a deixar de lado as dietas a curto prazo? Quer saber como foi minha reeducação alimentar? Que tal perder peso também por meio de uma reeducação alimentar? 

cardápio saudável

Preparando um cardápio saudável

Preparado(a) para um Cardápio Saudável?

Para ter uma alimentação saudável é preciso elaborar um bom cardápio alimentar, preparando seu cardápio com variedades de alimentos e na medida certa para suas necessidades e é como preparar um cardápio saudável que vamos ensinar hoje.

Uma dica, a variedade dos alimentos é muito importante, pois os grupos alimentares garantirão todos os nutrientes e proteínas que o ser humano precisa, além disso, vale lembrar que os alimentos de preferência precisam ser da região e da época, pois são mais baratos e com mais disponibilidade.

A qualidade é um elemento principal na elaboração de um cardápio alimentar saudável, e para manter uma boa alimentação ela precisa ser equilibrada, balanceada e conforme as necessidades da pessoa.

Por isso é importante que os cinco grupos alimentares estejam presentes na dieta do indivíduo.

Grupos alimentares importantes na dieta:

  • Carboidratos, estão presentes nos cereais, nas massas, nos pães e em outros alimentos e é preciso que estejam presentes no café, no almoço, e no jantar.
  • Carnes, ovos e leguminosas, (feijões, lentilha, ervilha, soja), devem estar presentes em apenas uma refeição diária (uma porção diária).
  • óleos e açucares precisam ser usados com moderação.
  • As frutas podem ser usadas e consumidas como suco, mas é importante tomar cuidado com a quantidade de açúcar utilizada no preparo do suco.
  • Verduras e legumes podem ser utilizadas no almoço e no jantar (almoçar com um preto de salada é uma ótima opção, pois evita que a pessoa “abuse” na quantidade de alimento).

Esses são os principais grupos alimentares que devem estar a mesa do cidadão brasileiro e que são essenciais a boa alimentação e saúde do indivíduo.

Então, elabore já um cardápio saudável a sua dieta e seja mais saudável.

receitas de frango

As Melhores Receitas de Frango

As receitas de frango são muito apreciadas em todo o mundo. Normalmente as carnes brancas como o frango são consideradas mais saudáveis do que as vermelhas.

Os pratos a base de frango consistem num dos mais consumidos no Brasil.

Isso acontece por causa de sua facilidade de preparo, sendo também encontrados a preços mais acessíveis em qualquer parte do Brasil e principalmente, pois permite uma grande variedade de receitas. Os pratos mais comuns de frango são:

Frango Assado

Tradicional entre as receitas de frango. É um prato muito apreciado nas refeições do dia a dia e é perfeito para ser acompanhado de purês (como o de batata), com saladas, batata frita e com o feijão brasileiro.

Salada de Frango

Essa receita é bem leve e considerada elegante e sofisticada é perfeita para ser servida como acompanhamento em eventos ou em refeições especiais.

Empadão de Frango

Serve como um excelente lanche para as tardes e as noites. Tem como vantagem seu fácil preparo.

Torta de Frango

Uma excelente opção de lanche. Além de ser uma escolha diferente também contém ingredientes de fáceis de serem encontrados e possui rápido preparo.

Strogonoff de Frango

É um dos pratos preferidos dos brasileiros e leva creme de leite, tornam-se melhor quando são adicionadas as batatas palhas.

Canja de Galinha

É uma nutritiva e saudável receita de sopa, sendo ideal para os dias mais frios do inverno.

Coxinha de Frango

Destaque entre os salgados, a coxinha de frango é perfeita para ser servidas em festas de aniversário.

Frango Xadrez

É um maravilhoso prato de origem oriental, proveniente da China, é a culinária indicada para algum almoço ou jantar especial.

Peito de Frango

Servido juntamente com arroz, saladas e purês constitui um prato bastante saudável e saboroso.

Para preparar essas deliciosas receitas de frango é necessário que ele esteja bem cozido: depois de limpo e cortado ou desfiado, é indicado temperá-lo de acordo com os ingredientes de preferência (como alho, limão, vinagre etc.) e colocá-lo na água quente até a carne estiver cozida e bem macia.

Culinária Japonesa

Curiosidades Sobre a Culinária Japonesa


culinária japonesa é mundialmente conhecida. Aqui, no Brasil, ela é o símbolo de sofisticação e da elegância.

São pratos mais saudáveis e com alto valor nutritivo.

A história da culinária japonesa teve como marco inicial principal o cultivo de arroz no país durante o período da Antiguidade.

O século XIX também foi uma era de grande desenvolvimento dos pratos no Japão. Foi nesse século, por exemplo, que receitas de massas (como o macarrão) se tornaram comuns na culinária japonesa, por influência dos chineses.

Também foi nesse tempo que a etiqueta modificou-se, e até hoje, a maneira de portar-se e sentar-se a mesa mantém a tradição.

Uma das características mais diferentes na culinária oriental é o modo de comer os alimentos. Ao invés dos talheres ocidentais, utiliza-se normalmente o hashi e antigamente as refeições eram apreciadas em mesas mais baixas do que as usadas pelos Ocidentais.

Há também outras características tradicionais como a cerimônia do chá e eventos onde as refeições são elaboradas de maneira especial.

A culinária japonesa é rica em alimentos a base de arroz, peixes e outros frutos do mar, também são comuns os legumes, as sopas e os cogumelos.

Na cultura japonesa existe uma boa variedade de pratos tradicionais entre eles destacam-se:

Sushi

É famoso em todo mundo, existem diversos tipos de sushi, entre eles: Makizushi, Temakizushi, Narezushi, etc. O prato é feito a base de arroz e o recheio de peixe ou até mesmo com de ovo em formato de bolinho.

Yakisoba

Trata-se de um macarrão oriental que é servido juntamente com vegetais. Sendo apreciado pelo valor nutritivo.

Karaage

Uma deliciosa fritura japonesa, que é formada principalmente de carne e tempero de soja.

Sashimi

O sashimi, no Japão, são todas as receitas que são servidas cruas, geralmente peixe, mas também algumas vezes carne.

Entre esses pratos conhecidos está o Basashi (feito com carne de cavalo), Tataki (feito com atum), Fugu (feito com peixe). Este último é fatiado com um tipo de peixe venenoso por isso é uma receita perigosa que só é feita por profissionais bem qualificados.

Omu-Soba

Trata-se de uma espécie de omelete feita com Yakisoba.

Korokke

Esta receita trata-se de uma deliciosa mistura de purê de batata com frutos do mar e vegetais.

A culinária japonesa oferece pratos saborosos que podem ser apreciados em restaurantes especializados ou até mesmo em casa com receitas encontradas em sites e livros de culinária oriental.

Lasanha

Culinária: a origem da Lasanha

Descubra a Origem da Lasanha

Origem da Lasanha: Quem acha que a lasanha é um prato recente, se engana. Na realidade, a história desta deliciosa fórmula tem suas raízes nada mais, nada menos que nos períodos da antiga península itálica.

Obviamente, naquele período a lasanha não era como nós a conhecemos hoje, porém consistia em algumas fatias de massa, divididos em quadrados, cozidos numa panela e comidos com legumes e queijo.

Entre muitos períodos a lasanha permaneceu sendo realizada assim, e vinha sendo denominada pelos Romanos de “lasana” ou “lasanum”, que no latim representa “vaso, recipiente”. Isso mais ou menos até o século quatorze. Francesco Zambrini, um conhecedor do século XIX, encontrou receitas de lasanha de queijo e presunto antigas onde a lasanha era postas em tiras ou teria condições de ser permanecida ilesa, com várias camadas recheadas de queijo. 

Após esta descoberta, Zambrini publicou a fórmula num livro de pratos de comidas e, graças a ele, a partir de então a lasanha foi realizada continuamente como a conhecemos atualmente, em camadas.

Com o passar do tempo, a lasanha transformou-se num prato muito conhecido e adorado mundialmente, graças a uns restaurantes de Bolonha, os quais produziram a conhecida lasanha à bolonhesa e passaram a servir aos clientes no começo do século 20.

Entretanto a consagração originou-se no ano de mil novecentos e trinta e cinco, quando o escritor Paolo Monelli cita a comida no seu livro chamado “Il ghiottone errante” (O glutão errante).

Hoje em dia a lasanha pode ter os mais diferentes tipos de recheios, a começar dos tradicionais, até criações domésticas.

Bolo Napolitano

Bolo Napolitano

Confira essa deliciosa receita de Bolo Napolitano e aproveite!

Ingredientes para o Bolo Napolitano

 

  • Massa:
  • 4 ovos
  • 2 xícaras (chá) de açúcar
  • 2 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • 1/2 xícara (chá) de chocolate em pó
  • 1 xícara (chá) de leite morno
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó
  • Recheio:
  • 200 g de margarina sem sal
  • 10 colheres (sopa) de leite ninho
  • 1 lata de creme de leite (sem soro) gelado
  • 1/2 lata de leite condensado
  • 3 gemas (peneiradas)
  • 3 colheres (sopa) açúcar
  • Geléia de Morango
  • 1 caixinha de morango
  • 1 xícara (chá) açúcar refinado
  • 1/4 xícara (chá) água
  • Cobertura:
  • 2 barras de chocolate ao leite de 200 g cada
  • 1 lata de creme de leite (sem soro)

 

Modo de preparo para o Bolo Napolitano

Massa:

 

  • Bata as claras em neve e reserve
  • Em seguida, bata as gemas com o açúcar até ficar um creme esbranquiçado
  • Acrescente a farinha misturada com o chocolate em pó aos poucos alternado com o leite morno
  • Bata até ficar homogêneo
  • Desligue a batedeira, acrescente as claras em neve delicadamente e por último o fermento em pó
  • Leve para assar em forma de 25 cm de diâmetro, por 35 a 40 minutos, no forno a 180ºC

 

Recheio:

  1. Bata na batedeira a margarina, o açúcar, o leite condensado e as gemas até ficar um creme claro
  2. Junte o leite em pó e bata mais um pouco
  3. Por último acrescente o creme de leite sem o soro e bata mais um pouco
  4. Se quiser pode acrescentar 1/2 barra de chocolate branco ralado ou picado em tirinhas bem finas

Geléia de Morango:

  1. Cortar o morangos em pedaços pequenos e levar ao fogo com os outros ingredientes até ficar uma geléia bem brilhante
  2. Deixar esfriar

Cobertura:

  1. Derreta uma barra de chocolate em banho-maria e acrescente o creme de leite sem o soro

Montagem:

  1. Corte o bolo em 2 partes, molhe com leite e um pouco de nescau, coloque o recheio, a geléia, a outra parte do bolo, molhe novamente com o restante do leite e coloque a cobertura
  2. Raspe uma barra de chocolate ao leite e jogue sobre o bolo
  3. Se quiser pode colocar também raspas de chocolate branco
  4. Decore com morangos cortados ao meio
Chocolate

Tudo Sobre Chocolates – Saiba mais Sobre Chocolate

chocolate é considerado o mais prazeroso e apaixonante entre todos os alimentos.

Mas quando foi descoberta essa maravilha que chamamos de Chocolate? Para sabermos vamos voltar um pouco no tempo.

A história nos retrata que os Maias cultivavam o cacau e usavam as sementes para fazer uma bebida que era bastante amarga e usavam para temperá-la a baunilha e a pimenta.

Essa bebida segundo os Maias auxiliavam o organismo a combater o cansaço.

Para eles era comum fazer uso do chocolate todo dia e também em ocasiões festivas. Também há relatos que em Honduras por volta de 1100 a 1400 a.C. foram encontrados vestígios de cacau em uma bebida alcoólica.

Já na América Central pré colombiana, os grãos de cacau serviram de moedas e todas as áreas que os Astecas conquistavam tinham que ter o plantio do cacau, e o imposto eram pagos com grãos destes.

O cacau só chegou à Europa no século dezessete e o consumo deste era restrito às cortes na forma de bebida. Foi em 1965 que surgiu em Londres a primeira chocolataria.

Alguns anos depois a Jamaica apresenta uma bebida com leite e chocolate. Assim o chocolate continuou ganhando espaço em outros países. Mas, só com a Revolução Industrial e suas novas máquinas que apareceram os chocolates como os que estão no mercado até os dias de hoje.

Foi através desse processo que o chocolate se tornou popular e consumido em todo mundo. O que nos leva ao consumo do chocolate além de seu aroma e sabor deliciosos, é o fato de sabermos que ele traz benefícios para nossa saúde como, por exemplo, estimulam o cérebro, contém propriedades que evitam o aparecimento de câncer, ajudam a combater diarreias, têm proteínas, cálcio, gordura, zinco, ferro, magnésio e vitaminas C, E, B12, B1, B2, e B3.

Chocolates Pretos e Amargos

Os chocolates pretos e amargos são os mais indicados para no auxílio de nossa saúde, consumidos com regularidade e em pequenas quantidades ajuda a reduzir o risco de ataque cardíaco. Com toda essas informações chegamos então, à conclusão que além de deliciosos e fazerem bem a saúde podemos oferecê-los de presente a qualquer pessoa em qualquer ocasião.

Para isso contamos com a variedade de embalagens e marcas que os tornam ainda mais cobiçados como as caixas de bombonschocolates Havana, as Kopenhagen e a Ofener tão conhecidas e apreciadas pela qualidade de seus produtos.

Presente, amigos (as) namoradas (os) mães e filhos com esses deliciosos chocolates.
Você pode fazer isso qualquer dia, não espere por uma data especial, a data especial é você que faz.

Receita de Pavê

Receita de Pavê

Confira uma deliciosa receita de Pavê, com base de biscoito Maisena.

Receita de Pavê

    • 2 pacotes de biscoitos maisena
    • 1 lata de creme de leite
    • 1 lata de leite condensado
    • 2 medidas da lata de leite de vaca
    • 1 colher e 1/2 de sopa de cremogema
    • 1 colher de sopa de manteiga
    • 1 gema de ovo peneirada

Modo de Preparo para a Receita de Pavê

Em uma panela coloque o leite de vaca, a lata de leite condensado, a manteiga, a gema e a cremogema leve ao fogo ate que vire um creme, reserve.

Umedeça os biscoitos em leite com algum achocolatado, e arrume em camadas em um refratário.

Colocando alternando entre camadas de biscoitos umedecidos e creme, por último uma camada de creme e por cima uma camada de creme de leite batido com uma pitada de açúcar.

Bolo de Natal

Bolo de Natal para a Família

Este Bolo de Natal com frutas cristalizadas fica uma delícia!

Já fizemos várias vezes aqui em casa e o sucesso é total.

Além da aparência maravilhosa, o bolo fica fofinho e nunca sobra um pedacinho pra contar a história na manhã seguinte. É claro que você não precisa esperar as festas para fazer, né? Mãos à obra!

Ingredientes para o Bolo de Natal

  • 04 ovos
  • 01 lata de creme de leite
  • 01 xícara (chá) de açúcar
  • 01 xícara (chá) de margarina ou manteiga
  • 2½ xícaras de farinha de trigo
  • 01 pitada de sal
  • 02 colheres (sopa) de fermento em pó
  • 01 xícara (chá) de rum
  • 01 xícara (chá) de frutas cristalizadas

Modo de preparo da receita de Bolo de Natal

Deposite todas as frutas cristalizadas e o rum num recipiente de preferência alto e amplo. Reserve.

Utilizando uma batedeira, misture bem a margarina, o açúcar (vá adicionando aos poucos) e os ovos inteiros sem parar de bater. Misture com o creme de leite.

Dê uma peneirada na farinha de trigo, junto com o fermento e o sal. Acrescente à mistura de pouco em pouco sempre misturando (para não deixar empelotar).

Para finalizar, acrescente as frutas cristalizadas picadinhas que ficaram de molho no rum.

Unte com manteiga e farinha de trigo uma forma redonda para pudim e despeje a massa.

Pré aqueça o forno e asse a 180 graus (médio) – depois de pronto espere esfriar, desenforme e salpique açúcar de confeiteiro.

Trufa

Receitas de Trufas – Deliciosas Opções para a Sua Sobremesa

Entre as opções de receitas de doces e sobremesas encontram-se as trufas. A trufa é uma saborosa escolha para acompanhar refeições como uma deliciosa sobremesa.

As trufas também são alternativas para elegantes as sobremesas. Apresentam-se aqui comentários sobre possíveis receitas de trufas que podem ser preparadas.

Sendo também realizado comentário sobre as facilidades de se encontrar estes pratos pela internet.

Existem atualmente diversas opções de receitas de Trufas, como as Trufas de Chocolate uma receita apreciada pela sua característica tradicional. Outro recheio de Trufa bastante valorizado é de Cereja, muitas vezes acompanhado com dose de licor garantindo um sabor especial na degustação do doce.

Ainda existem receitas de trufa com recheio de diversos sabores como Morango, Maracujá, Brigadeiro, Nozes etc.

Possuindo diversos sabores que agradam variados paladares. Receitas de Trufas de Nozes são boas opções para comemorações especificas como festividades natalinas.

Por sua vez, as Trufas Recheadas, como as Trufas de Chocolate ou as Trufas de Brigadeiro são de agrado das crianças, sendo uma boa pedida para essa faixa etária, pois a receita normalmente não tem o licor, comumente utilizado em receitas de trufa.

Trufas com licor são interessantes opções de sobremesas para jantares formais ou entre familiares e amigos próximos, por exemplo.

As trufas também são usadas como complementos em tortas e bolos conferindo um toque especial, por não deixá-los uniformes, além de obviamente, conferir-lhes agradabilíssimo sabor. Há ainda receitas de doces e sobremesas que empregam trufas em sua confecção como algumas tortas, panetones, biscoitos, pavês, etc.

A internet é uma excelente forma de se encontrar receitas, sendo ótima substituta dos antigos livros de receita. Além de ser uma forma rápida de se encontrar uma vasta gama de trufas e suas variações. Sendo fácil de achar todas as sugestões de receitas de trufa citadas acima.

Receita de Trufa constitui em uma das receitas de doces mais apreciadas atualmente para servir como prato de sobremesa. Sendo de fácil preparo e geralmente em grande rendimento.