Diretório de Artigos

Desafios do Saber

O saber não se baseia meramente no saber, o saber se concretiza no externar.

Quando o universo do cognitivo passa a relevância e a interpretação é efetivamente colocada ao sabor dos embates concordantes ou não, quando o cientifico deixa de ser o único pilar e se mistura ao que se executa trazendo o tema às contingências e a compreensão, então posso afirmar com convicção que, ”o saber não se baseia meramente no saber, o saber se concretiza no externar.” (Klaus Möllendorff).

Trilhara por esse viés é guindar a patamares maiores o conhecimento dentro das contingencias que cercam cada tema, desde a ciência da batida do martelo no prego que fura a madeira e a fixa em algum lugar, ou do entortar do prego na madeira sem sucesso na fixação da mesma em algum lugar.

O como fazer difere do que fazer, bater no prego, não consiste meramente bater no prego, mãos força, velocidade, postura, ferramenta, madeira, é todo um conjunto de ações e atitudes que resultam positiva ou negativamente no processo.

O que alude a ciência e seus artigos, são experimentos, os resultados não culminam com o indivíduo, não neste caso pois não se trata de formulas tão pouco de um indivíduo apenas, mas de um universo de fatores que assumem regras diferentes para indivíduos igualmente diferentes, posso ainda afirmar que para cada individuo, uma receita, uma dosagem.

Você também pode gostar O (des) compasso na educação

Compartilhe este artigo...

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on pinterest

Veja também...