Arquivo da tag: Verão

captação de chuva

Verão 2019: irregularidade climática aumenta a importância da captação de chuva para reuso

Geralmente, entre dezembro e janeiro começam a se intensificar as chuvas. Isso porque o verão, no Brasil, é tipicamente uma época chuvosa.

Essa estação é sempre muito esperada, sobretudo nas regiões mais secas, e naquelas que só contam com energia hidrelétrica como fonte de abastecimento.

Apesar disso, as irregularidades dos períodos de chuva só vêm aumentando. As chuvas mais intensas, que geralmente abastecem reservatórios, são tão irregulares que complicam a distribuição, sobretudo de locais como o Sul e Sudeste do país.

Já em contrapartida, as chuvas fortes e espaçadas acabam desaguando em outros problemas públicos, como os alagamentos, que nada mais são do que a consequência de ações humanas na natureza.

É, sem dúvida, uma situação complicada, já que essa irregularidade também vem de situações de ação humana, como o aquecimento global. Para 2019, as previsões não são positivas, e isso só reforça a necessidade de uma captação de chuva por parte da população, visando seu próprio bem estar.

Com a irregularidade já estimada pelos meteorologistas, se espera um aumento de temperatura, assim como chuvas irregulares, que não resolvem o problema do abastecimento dos reservatórios.

Isso desperta a reflexão sobre os impactos ambientais em cima do planeta, pois é quando começamos a sentir muito mais intensamente os danos ao clima, que são causados pela ação humana.

Porém, também é um momento de driblar as dificuldades e se preparar para utilizar bem a chuva que tivermos à disposição.

Sistemas de captação de água da chuva já não são novidade. Há inclusive alternativas caseiras, que tem sua utilidade, mas muitas vezes servem apenas momentaneamente a seu propósito.

Vale muito a pena buscar soluções mais completas, que captem a água da chuva, a passe por processos de filtragem e purificação, de forma a utilizá-las de forma o mais eficiente possível.

A captação ocorre de forma simples, automática e, dependendo do sistema, a destinação da água já pode ser pré-determinada, como em casos de irrigação.

A água da chuva é armazenada para manter a irrigação de áreas verdes, poupando esse importante recurso hídrico e mantendo o controle da temperatura dos ambientes.

O uso de água da chuva pode resolver diversos problemas de abastecimento. A água de reuso dá conta das atividades que mais gastam água nas residências, como por exemplo, descargas e higiene de quintas e garagens.

Isso sem contar a economia gerada de forma total pelo bairro, o que possibilita um melhor destino às águas dos reservatórios, como a produção de energia.

Os sistemas de captação de água podem ser aliados importantíssimos em estabelecimentos comerciais, em escolas, em condomínios, residenciais ou empresariais, dentre muitos outros locais. Como bônus também há a redução de contas, que tendem a subir com racionamentos.

O fato é que o problema climático já está ocorrendo. É realmente de suma importância dar mais atenção ao meio ambiente e pensar soluções de longo prazo para resolver os impactos mundiais.

Porém, até lá é possível lidar com o problema de forma sustentável e positiva para cada um e cada comunidade.

Soluções que não sejam sustentáveis e inteligentes só tendem a agravar o problema, assim como medidas temporárias podem ser abandonadas pelo incômodo cotidiano.

Nunca antes nos beneficiamos tanto de uma solução completa e tecnológica para captação de água da chuva. Trata-se de um investimento no futuro e no progresso sustentável das nossas cidades.

 Danny Braz é engenheiro civil, consultor internacional com foco em construções verdes e diretor geral da empresa Regatec.

Sobre a Regatec

A Regatec é uma empresa especializada em irrigação para paisagismo e campos esportivos.

É a primeira empresa brasileira a se especializar em irrigação e automação por controle central, assim como foi a primeira distribuidora da marca Rain Bird, pioneira em irrigação de estágios, campos de futebol.

Dispõe de know-how próprio, que faz adequação da cultura e dos produtos nacionais aos rígidos critérios internacionais para a total eficiência na irrigação.

protetor solar

8 dicas para usar o protetor solar a favor do bronze

Faltam 17 dias para o verão começar oficialmente no Brasil.

Aqueles que não dispensam praia e piscina precisam equilibrar a somatória sol + protetor solar a fim de ficar com a pele bronzeada, sem abrir mão da saúde.

Pensando nisso, a Nutriex, marca expert em proteção solar com a linha Solar Gold, dá 8 dicas para cuidar da pele, ganhar um bronze saudável e manter a cor dourada – DESEJO – por mais tempo.

Sim, é possível usar o protetor solar e bronzear-se com saúde!

Dica 1) Entenda como funciona a melanina: quando a pele está exposta ao sol, a melanina entra em ação, como um escudo de defesa. A cútis oxida e escurece para proteger o DNA contra a radiação solar UVA e UVB.

Dica 2) Tome sol antes das 10h e depois das 16h: a regrinha já é conhecida, mas pouco respeitada. Esses são os horários mais seguros para pele, pois a radiação UVB tem menor incidência, o que garante o bronzeado sem prejudicar a saúde.

Dica 3) Tenha calma. O bronze vem aos poucos: ter paciência é o grande segredo. Dividir o bronzeamento diariamente em períodos de uma hora por dia, evita a probabilidade de queimaduras solares e estimula o organismo a produzir melanina. A dica é passar o restante do dia usando o protetor solar, para não manchar a pele e proteger-se de forma saudável, evitando o câncer e o envelhecimento precoce.

Dica 4) Ingira alimentos com betacaroteno: ele é um estimulante natural da melanina e está presente em alimentos de origem vegetal como cenoura, mamão, acerola, manga, beterraba, couve manteiga, entre outros. Programe seu menu e consuma esses alimentos diariamente por, pelo menos, 15 dias antes da exposição ao sol.

Dica 5) Esfolie a pele: vale investir em um esfoliante! Sua função é remover as células mortas e resíduos superficiais, o que deixa a pele lisa e mais propícia para uma cor uniforme. Faça este processo dois antes de tomar sol.

Dica 6) Use protetor solar: A Nutriex recomenda que o produto seja muito bem espalhado para que cumpra sua função com excelência. O ideal é aplica-lo 30 minutos, antes da exposição solar, e reaplicá-lo a cada duas horas ou depois do contato com a água.

Dica 7) Use protetor solar na quantidade certa: Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, o ideal é aplicar, em média, a cada passada 1 colher de chá de protetor para o rosto, 2 colheres de sopa para o tronco, 1 colher de sopa para os braços e 1 colher de sopa para as pernas e os pés.

Dica 8) Evite a descamação! Lembre-se que o sol desidrata a pele, por isso, a hidratação no final do dia evita este processo e mantém o bronzeado por mais tempo. Use hidratante ou loção pós-sol e beba bastante água.

A linha Solar Gold,da Nutriex, protege e hidrata a pele, os protetores trazem uma tecnologia Bioactive E (com ações cicatrizante e antioxidante), além de uma formulação hidratante. Confira opções da marca para sua nécessaire de verão.

Protetor Solar Facial Tonalizante Solar Gold – com a exclusiva tecnologia DUO, protege e tonaliza ao mesmo tempo. Previne o envelhecimento precoce causado pela exposição ao sol, bem como à poluição. Com o sistema Color Adapt, que adequa a cor do produto à tonalidade da pele, o produto disfarça olheiras e imperfeições, proporcionando uma cobertura perfeita e uniforme de forma suave e natural. Preços Sugeridos: R$ 34,88 (FPS 30) e R$ 42,00 (FPS60)

Protetor Solar Facial Solar Gold – elaborado especialmente para a cuidados com o rosto, tem em sua formulação Bioactive E, 60 vezes mais proteção contra queimaduras solares (UVB), sem efeito oleoso, com controle de brilho e efeito mate. Preços Sugeridos: R$ 34,88 (FPS 30) e R$ 42,00 (FPS 60)

Protetor Solar para o Corpo Solar Gold – com a exclusiva tecnologia de efeito mate e textura leve, protege e absorve a oleosidade da pele. Previne o envelhecimento precoce causado pela exposição ao sol, bem como à poluição. Com formulação resistente ao suor e à água o protetor também possui ação anti-oxidante e tecnologia Bioactive E. Preços Sugeridos: R$30,00 (FPS 30) e R$ 39,80 (FPS60).