Diretório de Artigos

Chá da tarde

Disseminado especialmente na China e no Japão, o chá é uma bebida preparada através da infusão de folhas, flores, raízes, ou Camellia sinensis.

Geralmente é preparada com água quente. Cada variedade adquire um sabor típico e específico de acordo com o processamento utilizado, que pode incluir oxidação, fermentação, e o contato com outras ervas, especiarias e frutos.

O chá provém da Ásia, e já é utilizado pelos diferentes povos há vários milénios. As propriedades medicinais da bebida são igualmente ancestrais, e nas últimas décadas têm sido investigadas cientificamente, com descobertas fascinantes.

Diz a lenda que há perto de 5 mil anos o Imperador Chinês Shennong bebia uma taça de água quente quando nela caíram umas folhas de uma árvore das imediações.

Curioso, provou a água e logo nesse momento descobriu as propriedades revigorantes daquela mistura, e assim nascia o chá. A palavra “chá” é usada popularmente (no Brasil) como sinônimo de infusão de frutos, folhas, raízes e ervas contendo ou não folhas.

Bebida tradicional e apreciada no mundo inteiro,  evoluiu naturalmente através dos tempos e conta hoje com uma incrível diversidade de sabores e rituais próprios.

Existe uma grande variedade de tipos e sabores. É possível agrupar os diferentes tipos:

Preto

É o popular no mundo ocidental: mais de 90% do chá consumido é preto. Curiosamente, esta tendência é relativamente recente, uma vez que só a partir de finais do século XIX é que o preto começou a preferido em relação ao verde.

Marcado pelo seu sabor intenso e cor escura, é também conhecido como chá vermelho. Os principais produtores de preto são a Índia e a China.

À semelhança dos outros tipos de chá, também o preto tem vários benefícios para a saúde, destacando-se a minimização do risco de doenças coronárias.

Contudo, por causa do elevado nível de cafeína que contém, o seu consumo excessivo não é recomendado.

Oolong

É tipicamente chinês é internacionalmente conhecido pelo seu nome original, “oolong”, que significa “dragão negro”. O chá oolong é caracterizado por uma oxidação variável, mas sempre inferior ao preto e superior ao verde.

Verde

Também proveniente da China, é o tipo de chá mais popular no oriente (ao contrário do ocidente, onde prevalece o preto).

Este chá caracteriza-se por ser submetido a uma oxidação mínima. Contém um teor muito reduzido de cafeína, e as suas propriedades medicinais são conhecidas há vários milênios.

Se tem verificado um papel significativo do chá verde na redução de doenças cardiovasculares, artrite, combate à obesidade.

branco

Feito a partir de folhas ainda jovens, sem oxidação. Por esse motivo, é também o que tem menor teor de cafeína.

Tisanas

Se a infusão não provém da planta camellia sinensis, não se pode dizer que se trate verdadeiramente de um chá. Contudo, o uso popular leva a que existam vários outros tipos de tisanas.

Tisanas como o de limão, cidreira, camomila, tília ou menta são bastante apreciadas (tão populares quanto) e são tão ilimitadas quanto a variedade de plantas, frutos e árvores aromáticas que existem.

Os direitos autorais e pontos de vista expressos neste artigo são de responsabilidade do autor.

Compartilhe este artigo...

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram

Veja também...

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email