Diretório de Artigos

Como os softwares de nutrição podem ajudar o nutricionista?

A rotina de um consultório é sempre muito corrida. Agenda cheia, marcação de consultas, retornos, formulação e reformulação de dietas.

E com essa correria, não há nada pior do que se perder com agenda, ter dificuldade de fazer a gestão de seus pacientes e de manter o histórico de atendimentos organizado.

Com tudo isso, investir em ferramentas para facilitar o dia a dia é imprescindível.

Para o nutricionista, as coisas que mais tomam tempo durante os atendimentos são o registro de informações de avaliação antropométrica, registro de anamnese e interpretação dos dados.

Essa demora é muito insatisfatória para seu cliente, podendo até afetar negativamente a adesão ao plano alimentar e retorno.

Trabalhar de uma forma diferenciada pode ser a chave para o sucesso e, por isso, os softwares de nutrição chegaram com o intuito de facilitar o dia a dia.

Os softwares de nutrição como o NutriHealth, oferecem a interpretação de alguns dados e elaboração de gráficos imediatamente após a inserção de informações, possibilitando ao nutricionista traçar estratégias personalizadas e apresentar com mais facilidade ao paciente no momento da consulta. Além disto, ainda efetuam os cálculos de maneira automática.

Quando o paciente consegue acompanhar o registro de informações e a importância que elas têm na sua busca por melhores resultados, além de ter acesso facilitado ao seu nutricionista, a chance de que ele se dedique mais ao seu planejamento alimentar é muito maior.

Além de tudo isso, ter algumas orientações e prescrições dietéticas já elaboradas dentro de um software, permitem que já sejam feitas ao paciente durante a consulta, diminuindo a ansiedade para a chegada do plano alimentar personalizado, que é normalmente é enviado dentro de uma semana.

Jade Spinola Santos Filipak
Nutricionista

Você também pode gostar Como colocar site na primeira página do Google?

Os direitos autorais e pontos de vista expressos neste artigo são de responsabilidade do autor.

Compartilhe este artigo...

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram

Veja também...

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email