Diretório de Artigos

Peça de teatro “A ESPERTEZA DO LEÃO”

Veja esta divertida peça de teatro “A ESPERTEZA DO LEÃO”

TIGRE:
Pessoal o leão está muito doente e parece que desta vez ele vai morrer.

BICHARADA:
Mestre tartaruga o que o senhor acha disso, vamos visitar o leão?

MACACO:
Há pessoal, não tenha medo, qualquer coisa eu subo em uma arvore.

COELHO:
Eu sou muito esperto, se for preciso eu saio voando, quero ver o leão me pegar.

TIGRE:
Vou enganar estes bobos. Se eles forem o leão come uns deles e eu como o resto.

TARTARUGA:
O que você disse tigre?

TIGRE:
Nada não, é que eu estava pensando alto.

TARTARUGA:
Olhe pessoal, é bom ir com os olhos bem aberto, nunca se sabe o que pode acontecer.

VEADO:
Há, vou à frente, não vou esperar estes lerdos.

MACACO:
Espere veado que eu vou contigo.

CABRITO:
Há companheiros eu também quero ir à frente com vocês.

VEADO:
Está bem pessoal, então vamos juntos.

TATU, JABUTI E A IGUANA:
Ande tartaruga você está muito lerda.

TARTARUGA:
Calma pessoal, não tenha pressa, isso pode ser um truque do leão.

TATU, JABUTI E A IGUANA:
Será mestre tartaruga?

TARTARUGA:
É bom estar precavido. O leão é muito ardiloso, pode estar querendo nos enganar.

TARTARUGA:
Pessoal! Estão vendo algo diferente?

TATU, JABUTI E A IGUANA:
O que mestre?

TARTARUGA:
Não notaram que os rastos dos bichos que entraram não saíram de volta.

TATU, JABUTI E A IGUANA:
Mestre o senhor está certo. O leão deve ter comido todos eles, vamos voltar.

TARTARUGA:
É leão, você pode enganar a outros, mas esta velha e sábia tartaruga não.
JOÃOZINHO E A PRINCESA ENCANTADA:

JOÃOZINHO:
Velho amigo Alazão vai beber um pooco de água fresca e comer um pouquinho que a viagem é longa e cansativa.

ALAZÃO:
Meu senhor o que o senhor vai fazer tão longe?

JOÃOZINHO:
É amigo, dizem que lá neste castelo abandonado, uma feiticeira enfeitiçou uma bela princesa e o castelo se transformou em uma densa floresta.

ALAZÃO:
Está bem meu senhor se é para o seu bem eu estarei contigo onde estiver.

JOÃOZINHO:
Bem Alazão o dia já amanheceu, vamos em frente.

ALAZÃO;
Meu senhor, já esta escurecendo, estou com fome e com sede.

JOÃOZINHO:
Está bem Alazão, vamos parar em baixo daquela árvore na beira daquela fonte de água.

ALAZÃO:
Joãozinho! Veja parece que aqui é o castelo, olhe o formato destas árvores.

JOÃOZINHO:
É mesmo Alazão, vamos ficar por aqui esta noite e amanhã cedo vamos procurar a princesa.

UMA CRIADA:
Como eu sou bela! Há vou quebrar este vaso, como uma moça bela como eu vai ficar por ai carregando vaso.

PRINCESA:
Rá..rá…rá….rá…

CRIADA:
Quem está ai?

PRINCESA:
Sou eu a princesa encantada.

JOÃOZINHO:
Alazão, o dia já amanheceu a tempo acorde, você não está ouvindo vozes vindo lá das bandas do lago?

ALAZÃO:
.É mesmo meu senhor, vamos até lá ver o que esta acontecendo.

JOÃOZINHO:
Bom dia moça. Com quem está conversando?

CRIADA:
Com a princesa encantada.

JOÃOZINHO:
Deixe, eu vê-la. Ola princesa vem de tão longe só para ver vossa majestade.

PRICESA:
Há meu jovem! Estou enfeitiçada por uma malvada feiticeira.

JOÃOZINHO:
Venha e deite aqui em meu colo que eu consolo você.

PRINCESA:
Está bem meu jovem, já vou descer.

JOÃOZINHO:
Veja Alazão ela adormeceu. Como ela é linda! E que cabelos tão lindos, vou acariciá-los.

ALAZÃO:
Cuidado senhor. Ela pode acordar.

JOÃOZINHO:
Olhe amigo. Alfinetes cravados em sua cabeça. Vou tirá-los. Veja ela acordou. Olhe o castelo está aparecendo.

PRINCESA:
Meu jovem você quebrou o encantamento. Olhe, meus pais estão acordando com seus súditos e seus soldados.

JOÃOZINHO:
Bem Alazão, cumprimos nossa missão, agora vamos voltar para casa.

PRINCESA:
Nada disso, existe um decreto que, quem quebrasse o feitiço casaria comigo.

ALAZÃO;
Bem senhor não era isto que o senhor queria, então vamos até o rei e providenciamos o casamento.

REI:
Viva o príncipe Joãozinho! Segundo o meu decreto ele a partir de hoje pertencerá a este reino e casará com a princesa.

Compartilhe este artigo...

Artigos em Destaque