Arquivo da tag: Carro

reparação automotiva

O pulo do gato que falta à reparação automotiva

A certificação de oficinas no País ainda é muito pequena se comparada aos cenários dos demais segmentos de produção e comercialização do setor automotivo, cujas certificações são amplamente exigidas e aplicadas, uma vez que são compulsórias.

No caso das empresas de reparação automotiva, a condição de voluntariedade da certificação transforma esse investimento em qualidade em mais uma abominável despesa extra, temida e postergada pela maioria dos empresários do setor.

Mesmo não sendo obrigatória, a certificação da oficina representa um importante instrumento de segurança para o consumidor porque atesta de forma escrita e rastreada a qualidade dos serviços prestados pela empresa.

Toda oficina certificada passa por uma avaliação de todos os pontos de gestão e organização, o que possibilita ao empresário ter o controle absoluto dos processos. Vale destacar que essa avaliação é realizada por órgão imparcial e de terceira parte, acreditado pelo INMETRO. 

Quando bem aplicada, a certificação gera múltiplas vantagens ao empresário, como aumento da satisfação dos clientes, diminuição dos desperdícios em materiais, mão de obra e fluxo de trabalho, ampliação das possibilidades de permanência e continuidade da empresa no mercado, e maior interação e comprometimento das equipes de colaboradores com os processos produtivos. 

É importante que o empresário tenha consciência da necessidade de processos padronizados porque a certificação dependerá muito dele “querer e acreditar” para efetivamente acontecer, uma vez que é voluntária.

O empresário também precisa pensar como administrador para enxergar todos os benefícios e as oportunidades que a certificação proporciona. 

Os empresários do setor têm demonstrado cada vez mais interesse em acreditar nos benefícios da certificação voluntária.

Baseados nisso, o Instituto da Qualidade Automotiva (IQA) e o Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos e Acessórios (Sindirepa Nacional) firmaram uma parceria para a criação do Programa de Incentivo à Qualidade (PIQ), cujo propósito é, justamente, a implementação de um sistema da qualidade na empresa, além de intensificar a difusão do processo de certificação de oficinas independentes no País. 

A meta do programa é alcançar pelo menos 5 mil empresas certificadas até 2023 a partir da formação de grupos regionais de oficinas interessadas, o que permitirá reduzir os custos individuais do processo de certificação.

A meta do programa é alcançar pelo menos 5 mil empresas certificadas até 2023 a partir da formação de grupos regionais de oficinas interessadas, o que permitirá reduzir os custos individuais do processo de certificação.

Outra estratégia é a ampla divulgação das respectivas oficinas certificadas em órgãos governamentais, frotistas, entidades de classe, empresas de seguro, montadoras e indústrias de autopeças, cujo foco é potencializar a demanda de serviços de reparação para as empresas que possuem a certificação da qualidade auferida pelo INMETRO, por meio do IQA. 

*Douglas Palma é diretor do Instituto da Qualidade Automotiva (IQA), diretor do Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos e Acessórios (Sindirepa) e diretor da Artpres Reparadora de Veículos

Alugar um carro

Alugar um Carro compensa sim senhor!

Por que Alugar um Carro.


No tempo é que estamos cada vez mais se torna difícil ter carro próprio. São as prestações mensais, o combustível, os arranjos mecânicos, a manutenção, o seguro, os gastos com uma viatura própria podem ser variados e por vezes até nos saírem caros.

É por isso que o aluguel de carros possui cada vez mais adeptos.

É por isto que para as pessoas que diariamente usam os transportes públicos e passam os fins-de-semana, na sua maioria, em casa a descansar ou dando pequenos passeios a pé, comprar um carro pode não compensar e só dar prejuízo.

Então, quando necessitar de fazer grandes viagens mais longas ou quando for de férias pode sempre alugar um carro. Esta opção está disponível a preços bem acessíveis que pode encontrar facilmente na internet nos comparadores de preços que fazem estas buscas específicas.

Em férias tenha sempre em conta a opção de rent a car

Mesmo quando temos carro próprio, este pode não se adaptar as viagens que queremos fazer nas nossas férias ou podemos deslocarmo-nos para o nosso destino de férias de avião, o que nos impede de levar o nosso próprio carro e, depois lá podemos alugar um automóvel para conhecermos mais a fundo o local.

Alugar carro tem a vantagem de podermos escolher o carro que melhor se adapta à quantidade de pessoas que se vão deslocar nele e que se adapte às necessidades do seu tipo de férias e país para onde vai.

Faça sempre a sua busca e a sua reserva com antecedência para que tenha disponível o carro que mais quer pois se deixar para a última da hora pode não encontrar o carro que já tinha idealizado.

Se as suas férias começarem numa cidade e acabarem noutra mais longínqua pode sempre optar por alugar um carro na primeira e devolvê-lo na segunda cidade, podendo assim voltar para casa de avião. Esta é outra vantagem do rent a car.

Outra vantagem é a de poder dividir a conta, o que deixará o aluguer ainda mais barato. Se forem viajar só adultos, digamos que 4 ou mais, fica mais barato alugar um automóvel e dividirem a despesa, do que andarem de transportes públicos.

Gol

Gol geração 5

Você já teve um Gol geração 5?


O brasileiro é bastante conhecido por ser apaixonado por carros, justamente por isso todos os consumidores brasileiros tem o sonho de ter um veículo, sendo um fator bastante interessante e que melhora ainda mais a qualidade dos veículos vendidos no Brasil, pois com a grande demanda, mais marcas começam a atuar dentro do mercado nacional, aumentando a concorrência e melhorando a qualidade dos veículos que são vendidos dentro do mercado nacional.

Porém mesmo com várias marcas atuando dentro do mercado nacional, o Volkswagen Gol é com certeza o modelo mais escolhido entre os consumidores brasileiros.

Gol Geração 5 – Detalhes

Durante o ano de 2008 o Gol G5 como ficou popularmente conhecido, foi lançado com a finalidade de oferecer maior qualidade em relação a design e também a potência e conforto, como trata-se de um modelo que atua a mais de 25 anos dentro do mercado nacional, consequentemente a VW precisava modificar o veículo para ser atraente aos olhos de seus consumidores.

Nessa nova geração o modelo recebeu várias modificações, tanto em sua dianteira quanto na sua traseira, sendo um fator bastante interessante.

O modelo foi lançado com duas opções de motorização, a primeira opção foi um motor de 1.0 litros que rende 76 cavalos de potência, porém a marca também resolveu apresentar um motor de 1.6 litros, sendo uma opção mais potente destinada aos consumidores brasileiros.

Pensando em oferecer maior qualidade no veículo, a marca tomou bastante cuidado com o desenho de seu interior, contando também com algumas ferramentas diferenciadas, o que acabou melhorando bastante o fluxo de vendas do modelo, pois a geração 4 já estava pedindo uma renovação.

Mais algumas informações

Essa geração também foi lançada em algumas versões especiais, como no caso do Gol Rallye, e outras séries especiais que tinham por finalidade oferecer uma base para determinado evento ou até mesmo para oferecer mais oportunidades para que os clientes adquirissem um veículo completo.

Lembrando que o modelo foi substituído pela sesta geração do modelo que já está a venda dentro do mercado nacional, sendo um fator bastante interessante.

menores carros

Os menores carros à venda no Brasil

Com preço médio de R$ 53 mil, o Fiat 500 e o Smart Fortwo 2013 são os menores carros à venda no mercado brasileiro.

O modelo da Fiat possui design retrô e um bom conjunto mecânico. Já o carro da Smart concentra muita tecnologia em apenas 2,69 m de comprimento.

Os menores carros da Fiat possui motor 1.4 16v MultiAir, com transmissão automática sequencial de seis velocidades. Sua potência máxima é de 105 cv a 6.250 rpm e seu torque máximo é de 16,6 kgfm a 3.850 rpm.

Já o carro Smart possui 71 cv de potência e câmbio automatizado de cinco velocidades. Seu motor é um 1.0 de três cilindros.

Este carro registra média de 16,8 km/l na cidade e 20,7 km/l na estrada, segundo um teste realizada pela Folha de S. Paulo.

O ponto forte destes menores carros é facilmente lembrado na hora de buscar uma vaga em um estacionamento.

A desvantagem, quando dirigidos no Brasil, é que são carros produzidos para rodar em cidades planas e bem asfaltadas, e por distâncias curtas.

Os consórcios dos menores carros não precisam de entrada, não tem juros e não exigem fiador. Além disso, as parcelas são bem menores que as de um financiamento.

Ao fazer um consórcio de automóvel, o cliente precisa apenas apresentar RG, CPF e comprovante de endereço.

As contemplações dos grupos ocorrem mensalmente e também é possível dar lances para retirar a carta de crédito e comprar seu carro novo antes de terminar de pagar o consórcio. 

Veja mais sobre consórcio em www.facebook.com.br/consorciodeautomovel