Diretório de Artigos

Câncer de pele é o mais comum entre os brasileiros

Especialista da Rede de Hospitais São Camilo afirma que a maioria dos casos deste tipo câncer podem ser evitados com medidas simples de fotoproteção diária

Dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA) apontam o câncer de pele como o tipo de maior incidência entre os brasileiros, correspondendo a 33% dos diagnósticos de câncer.

A cada ano, cerca de 180 mil novos casos são registrados em todo o país, colocando a comunidade médica e os órgãos do setor em alerta.

A cirurgiã plástica da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo, dra. Andrea Oliveira, explica que fatores predisponentes como tipos de pele (mais claras e mais sensíveis); exposição solar (país tropical e de alta incidência de solaridade anual); agravantes como falta de proteção solar diária e de exames de rotina para câncer de pele são as principais causas de uma incidência alta e de diagnósticos de lesões mais avançadas.

A médica, que é membro titular da SBCP e do Grupo Brasileiro de Melanoma, também ressalta que a maioria dos casos de câncer de pele podem ser evitados com medidas simples de fotoproteção.

“O uso de protetor solar é muito associado às atividades externas, principalmente ao lazer em praias e piscinas. No entanto, a exposição solar diária, durante as atividades rotineiras do dia a dia, como na locomoção a pé, no carro ou transporte coletivo, nas atividades de educação física e, especialmente, dos trabalhadores ao ar livre, é muito mais danosa à saúde da pele do que a exposição intencional.”, afirma a especialista.

Ainda sobre o uso do protetor, a profissional afirma que, mesmo com o Fator de Proteção Solar (FPS) adequado, a exposição solar deve ser até as 10 horas da manhã e a partir das 16 horas, sempre; não se esquecendo da proteção adicional de chapéus e óculos com lentes adequadas.

“Além disso, o protetor solar deve ser reaplicado a cada duas horas, ou após mergulhar no mar ou piscina. Aos atletas, existem protetores mais estáveis ao suor”, conta.

A especialista alerta que o câncer da pele pode se assemelhar a pintas, eczemas ou outras lesões benignas. Desta forma, conhecer bem a pele e saber em quais regiões existem pintas faz toda a diferença na hora de detectar qualquer irregularidade.

Apenas um exame clínico feito por um médico especializado ou uma biópsia podem diagnosticar o câncer da pele, mas é importante estar atento aos seguintes sintomas:

  • Uma lesão na pele de aparência elevada e brilhante, translúcida, avermelhada, castanha, rósea ou multicolorida, com crosta central e que sangra facilmente;
  • Uma pinta preta ou castanha que muda sua cor, textura, torna-se irregular nas bordas e cresce de tamanho;
  • Uma mancha ou ferida que não cicatriza e continua a crescer apresentando coceira, crostas, erosões ou sangramento.

Rede de Hospitais São Camilo 

A Rede de Hospitais São Camilo é composta por quatro hospitais modernos em São Paulo. Três ficam nos bairros da Pompeia, Santana e Ipiranga, capacitados para atendimentos eletivos, de emergência e cirurgias de alta complexidade, como transplantes de medula óssea.

A quarta Unidade, recém incorporada à Rede, na Granja Viana, recebe 24 horas por dia, pacientes em reabilitação com doenças crônicas ou em cuidados continuados e paliativos. 

Os serviços contam com equipe interdisciplinar que contempla as áreas de Terapia Ocupacional, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Nutrição Clínica, Serviço Social, Farmácia, Capelania, Psicologia, Hemoterapia, Radiodiagnóstico e Exames Laboratoriais. 

Em infraestrutura, apresenta a unidade semi-intensiva, sala para hemodiálise e exames diagnósticos. Em 2019, oferecerá as atividades de centro médico com consultas e medicina diagnóstica para todas as idades.

Já em 2020, se transformará em hospital geral incluindo o atendimento de urgência e emergência. Excelência médica, qualidade diferenciada no atendimento, segurança, humanização e expertise em gestão hospitalar são os principais pilares de atuação. 

Hoje, a Rede de Hospitais São Camilo presta atendimento em mais de 60 especialidades, oferece ao todo 736 leitos e um quadro clínico de mais de 3,7 mil médicos qualificados. 

As unidades possuem importantes acreditações internacionais, como a Joint Commission International (JCI), renomada acreditadora dos Estados Unidos reconhecida mundialmente no setor e a Acreditação Internacional Canadense.

A Rede de Hospitais São Camilo faz parte da Sociedade Beneficente São Camilo, uma das entidades que compreende a Ordem dos Ministros dos Enfermos (Camilianos), uma entidade religiosa presente em mais de 30 países, fundada pelo italiano Camilo de Lellis, há mais de 400 anos.

No Brasil, desde 1928, a Rede conta com expertise e a tradição em saúde e gestão hospitalar.

Você também pode gostar: 8 dicas para usar o protetor solar a favor do bronze

Compartilhe este artigo...

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on pinterest

Veja também...